54 991319945

©2018 by Jota Oliveira Consultoria Empresarial. Proudly created with Wix.com

Buscar
  • Jota Oliveira

Custos, despesas e gastos no Supermercado


O faturamento muitas vezes não vem como o esperado. A primeira atitude de todo supermercadista é reduzir as despesas, outros falam em redução de custos. Mas afinal o que é custo, o que é despesa, o que são gastos?

Custos

Custo é todo investimento que uma empresa precisa fazer para produzir um produto ou oferecer um serviço é chamado de custo. Sem esse valor, não é possível dar início ou continuidade às vendas. Para aumentar a quantidade produzida, em geral, é preciso aumentar o custo da empresa.

Exemplos: matéria-prima, água, gás, embalagens e etc.

Despesas

Despesas são tudo aquilo que englobam o que a empresa precisa ter para manter o funcionamento da estrutura mínima. São valores investidos na área comercial, administrativo, marketing, recursos humanos. As despesas não têm ligação direta com a produção de novos itens que serão vendidos pela empresa, mas podem ter influência no aumento da receita.

As despesas podem ser divididas em duas categorias:

· Fixas: que não variam com a quantidade de bens ou produtos vendidos pela empresa, como salários, material de escritório, mensalidade de máquina de cartão, telefone, aluguel, publicidade e propaganda

· Variáveis: varia com a quantidade de produtos produzidos pela empresa, como comissão de vendedores, energia elétrica.

Gastos

Gastos são os valores que a empresa não previu no orçamento, mas que precisa investir para continuar a produção. Como um gasto é imprevisível, não é possível de ser repassado no preço do produto, portanto, a empresa precisa arcar com o prejuízo.

Exemplos: Substituição de peça com defeito, assistência técnica.

Tudo pode ser reduzido. O custo pode ser reduzido através de negociação com os fornecedores. Ex: Negociar o valor do gás ou até mesmo consultar com mais fornecedores o valor das embalagens. As despesas são um território fértil onde pode se colher muito redução atrás de sua redução. A energia elétrica no último ano aumentou na base de 50% e pouco ou nada se conseguiu repassar para o preço de venda. A dica para produtos gelados quando não se conseguem aumentar a margem é negociar com os fornecedores uma bonificação de ao menos 5% para ajudar a pagar essa conta. Você já fez a conta de quanto um freezer de sorvete dá de lucro com uma margem real média de 20%. Vale a pena ter tantos equipamentos de refrigeração?

Muitas vezes nesse período de austeridade podemos notar que talvez possamos estar com mais colaboradores do que a necessidade atual. Para medir isto basta fazer um levantamento de cada atividade que cada colaborador faz: a frequência e quanto tempo demora para tal atividade. Muitas vezes o que 3 fazem sem o uso total da produtividade pode ser feito por apensas 2.

As taxas de cartão de crédito devem ser periodicamente negociadas com as empresas de cartão. Qualquer valor que consiga ser baixado impacta diretamente no caixa da empresa. Publicidade e propaganda pode ser o valor reduzido através de parcerias com fornecedores. O aluguel também pode ser negociado um desconto, para o locador é melhor nesse período aceitar um desconto do que não receber o aluguel em dia.

Os gastos podem ser cortados através de prevenção. Um equipamento de refrigeração que tem seu condensador limpo seguidamente além de consumir menos energia, também terá sua vida útil prolongada.

16 visualizações